Gordura saturada na dieta não está associada a risco de doenças cardiovasculares e derrames

//Gordura saturada na dieta não está associada a risco de doenças cardiovasculares e derrames

O médico José Carlos Souto comenta artigo publicado no mais importante jornal científico da cardiologia mundial, em que autores chegam à conclusão de que ingerir gordura saturada não faz mal à saúde

Cada vez mais estudos científicos vêm desmitificando à máxima – que norteia as diretrizes nutricionais dos países até hoje – de que o consumo de gordura saturada (presentes em alimentos como carnes, manteiga, leite e queijo) faz mal à saúde, podendo causar sérios problemas ao coração. A mais recente publicação que veio desmentir essa associação, tidas por muitos como evidente, é o artigo “Saturated Fats and Health: A Reassessment and Proposal for Food-Based Recommendations” – em português, “Gorduras Saturadas e Saúde: Uma Reavaliação e Propostas para Recomendações Baseadas em Alimentos – publicado em agosto de 2020 no Journal Of The American College of Cardiology, o mais importante e mais influente periódico científico da cardiologia mundial.

Para ver a matéria na íntegra clique aqui.