A dieta com baixo teor de carboidratos tem demonstrado em ensaios clínicos reverter o diabetes, promover a perda ponderal e melhorar a maioria dos fatores de risco de doença cardíaca o que, logicamente, deveria prolongar o tempo devida.[1,2] No entanto, um artigo recente publicado no periódico Lancet Public Health[3] ganhou as manchetes em todo o mundo ao declarar que uma dieta com baixo teor de carboidratos diminui o tempo de vida. Por que a desconexão? A resposta gravita em torno de dados intrinsecamente fracos do artigo do Lancet, promovidos por autores com um possível interesse em preservar o status quo.

Para ler a matéria na íntegra, visite o site 

É necessário se registrar, mas o registro é gratuito.