Cristina

Tive diagnóstico de invalidez, trabalhava com Informática e tinha tendinite nos dois punhos. Labirintite. Faringite. Laringite. Amigdalite. Gastrite. Otite. Muitas espinhas. Dor de cabeça. Vômitos.Intestino ruim. Cândida de repetição. Entre outras coisas... Gastava fixo na farmácia R$1.200,00 por mês. Aos poucos, comecei a estudar, entrei para a academia, comecei a me alimentar com comida natural e o que aconteceu? Fiquei bem! Curada. Nunca mais farmácia.  Descobri que a comida me adoecia. Descobri o que posso e não posso comer. Descobri que a saúde vem dos exercícios, da alimentação e das emoções vividas, e da espiritualidade, independente de religião. E ter saúde foi tanta tanta bênção que eu quis ajudar todo mundo. Fui convidada pra atuar em um grupo de pessoas que precisavam de motivação e incentivo pra ter saúde e pra isso precisavam perder peso. Já faz um ano e os resultados são apaixonantes. Nesse tempo, fiquei desempregada. Fiz o ENEM na cara e na coragem e entrei pra Nutrição na Universidade Federal do Rio de Janeiro! 

Rio de Janeiro